livraria on-line

bibliographias@gmail.com / 934476529

.

.

7 de julho de 2015

Júlio de Sousa e Costa — Ramalho Ortigão: Memórias do seu Tempo

Edição Romano Torres ―― Lisboa. [S/d]. In-8º de 220, [4] págs. Br. 
  
 
Destas memórias, redigidas por alguém que dizia ter convivido de perto com o escritor entre 1895 e 1915, ano em que morreu, foram os capítulos «Os políticos do seu tempo», «Ramalho duelista», «O crítico», «Ramalho e o seu amigo Eça de Queiroz», «Ramalho e Camilo», O Conselheiro Pacheco», «O Rei, seu amigo», «Ramalho e João Franco», «Os «Vencidos da Vida»», «Guerra Junqueiro», «Após o «Cinco de Outubro»», «Os detractores», «A Juliana do «Primo Basílio»», «O «Padre Amaro» e as opiniões de Ramalho», «As «Farpas»» e «Nos últimos anos». Extra-texto, reproduz-se uma fotografia dos Vencidos da Vida (dada como completa, com os onze cavalheiros, menos conhecida do que aquela em que aparecem dez; uma e outra, sem Antero, que aparece na mais famosa de todas, com os cinco elementos mais célebres: ele mesmo, Eça, Oliveira Martins, Junqueiro e o próprio Ramalho).

Bom exemplar, sem defeitos significativos, só a capa estando ligeiramente marcada por acidez. 


15€