livraria on-line

bibliographias@gmail.com / 934476529

.

.

1 de março de 2016

Novíssimo Teatro Português (coligido por Ilídio Ribeiro)

Lisboa. Edição dos Autores. [S/d - 1962?]. In-8º esguio de 130, [2] págs. Br.
 
Edição colectiva das peças de Artur Portela Filho («O General»), Augusto Sobral («O Borrão»), Fiama («O Museu»), José Sasportes («Funerais: Fantasia macabra em duas partes») e Maria Teresa Horta («O Delator») – todas, salvo erro, inéditas. Apresenta, a abrir, um «Apelo» de Bernardo Santareno e, a fechar, os depoimentos de Portela Filho e de José Sasportes.
A este livro têm sido dedicados ao longo do tempo diversos artigos e recensões, quer na perspectiva dos caminhos do teatro português, quer na da censura que o proibiu após a publicação.

Bom exemplar, sem defeitos significativos.
 
18€