livraria on-line

bibliographias@gmail.com / 934476529

.

.

28 de junho de 2017

Discursos a Eça de Queiroz

A Eça de Queiroz (Na inauguração do seu monumento, realisada em Lisboa a 9 de Novembro de 1903) / Discursos do Conde d’Arnoso, Marquez d’Avila, Ramalho Ortigão, Luiz de Magalhães, Annibal Soares, Antonio Candido, Conde de Rezende. Poesia de Alberto de Oliveira.

Porto: Livraria Chardron, De Lello & Irmão, Editores / 1904. In-8º de [IV], 90, [II] págs. Enc.

São bastante extensas as alocuções de Luís de Magalhães, Ramalho e António Cândido – a segunda altamente elogiosa (dizendo ter sido Eça na segunda o que fôra Garrett na primeira metade do século, mas com ainda mais mérito) e a terceira, curiosamente, quase só de exegese literária. A conhecida escultura de Teixeira Lopes é reproduzida em fotogravura sobre folha preliminar de papel couché.

Exemplar da típica série encadernada pelo editor.
 
15€