livraria on-line

bibliographias@gmail.com / 934476529

.

.

27 de dezembro de 2017

Raul Brandão — O Padre

1901 / Livraria Central de Gomes de Carvalho – Editor (158, Rua da Prata, 160), Lisboa. In-8º de 29, [3] págs. Cart.
 
“Ora nunca a palavra de Christo foi tão necessaria. Mas é preciso prégar-se a pobreza – e o padre está ao lado do rico; é preciso combater-se a hypocrisia, a ambição e a dureza – e o padre está ao lado de tudo o que é máo, postiço e pratico. Quer-se afundar a Materia – e o padre está ao lado da Materia.
Apesar de todos os ataques a religião christã é viva – é uma Arvore. Porquê? Porque os pobres não julgam ainda e precisam de Deus. Christo é-lhes tão necessario como o amargo pão que comem. E tambem porque dentro da Egreja ha ainda espiritos cheios de simplicidade e de grandeza”, assim escrevia um já trintão-e-meio Raul Brandão naquele que foi, mesmo assim, apenas o seu terceiro título publicado; com uma primeira parte de considerações gerais em boa medida já prenunciadoras do Humus mas ainda um tanto incipientes e uma segunda em que vagamente se enunciam alguns princípios para uma reforma da Igreja e das congregações.

Primeira edição, rara. 

Exemplar valorizado por uma dedicatória manuscrita de oferta do próprio Raul Brandão a um familiar da mulher, Angelina. Revestido de cobertura em fine-paper sobre a qual foi aposto, em cliché, um retrato do escritor; conservando ambas as  faces da capa original, que porém acusa significativo desgaste, com marginais rasgões e falhas de papel e também manchas antigas de humidade; miolo em condição apesar de tudo razoável.
 
40€