livraria on-line

bibliographias@gmail.com / 934476529

.

.

8 de abril de 2016

SUDOESTE (Edição Facsimilada)

Contexto Editora, Lisboa. In-4º peq. de 171, [1] págs. Br.

Terminava Nuno Júdice o seu prefácio sustentando que ““Sudoeste” não é, em conclusão, uma revista de grupo ou de movimento: apresenta-se como o projecto (a direcção “geográfica”) aberto a correntes e tendências inovadoras ou consagradas – mas bloqueado pelas circunstâncias internas (a ditadura) e externas (o reflexo dos ismos da década anterior). Tem, no entanto – e será esse o seu lugar simbólico – o mérito de ter estabelecido a ponte entre gerações diversas, como a do “Orpheu” e da “Presença”, e a intenção (não concretizada num 4.º número) de indicar os novos rumos da surrealidade e do absurdo”.

Edição de 3000 exemplares, agregando em volume único, com capas independentes, os três números saídos: os dois primeiros da mão solitária de Almada e o terceiro, colectivo, recolhendo contribuições vivas e póstumas de Pessoa, Sá Carneiro, Ângelo de Lima, Luís de Montalvor, Raul Leal, Alfredo Guisado, Gaspar Simões, Régio, Casais Monteiro, Saúl Dias, Carlos Queirós, Carlos Ramos, Pardal Monteiro e Mário Sá. No final, apresenta-se ainda em apêndice dois trechos de textos já preparados por Raul Leal e Pardal Monteiro para o abortado quarto número.
Exemplar praticamente impecável. 

27€