livraria on-line

bibliographias@gmail.com / 934476529

.

.

11 de julho de 2015

Ramalho Ortigão ― Banhos de Caldas e Aguas Mineraes

Banhos de Caldas e Aguas Mineraes, com uma introducção por Julio Cesar Machado (desenhos de Emilio Pimentel)

Porto: Livraria Universal de Magalhães & Moniz – Editores (12, Largo dos Loyos, 14), 1875. In-8º gr. de 135, [7] págs. + [14] ff. de estampa. Br.
 
O texto introdutório do lisboeta é, como de costume, todo jocoso, excepto quando abre um parêntesis para gabar o livro: “As descripções estão escriptas com uma elegancia que faz crescer o desejo de visitar as localidades: têem a graça pittoresca que dá a feição do sítio; é como que uma carteira de viajante a vêr muito em pouco tempo, passando a cada instante de um assumpto para outro, descrevendo a paisagem, mencionando alguma costumeira mais notavel, e alguma memoria historica em a havendo, carteira com muitos apontamentos, de fórma que se leia sem cançar e acorde o interesse sem se demorar em coisas sabidas ou inuteis. Trata agradavelmente das nossas aguas nacionaes, aguas portuguezas, e das paisagens, dos montes, das cascatas, dos rios, dos valles, de tudo que póde attrahir, para vêr se se acaba com a mania de termos maravilhas para as não explorar, desdenhando o que é nosso, o que nos está perto e facil, e fazendo com que, se é certo que ninguem seja propheta na sua terra, esta tenha a especialidade de ser tida sempre em pouca conta pelos que são d’ella naturaes, excepto quando alguem soltar alguma verdade dura, que então principiam todos a defendel-a por espirito de contradição”.
Edição original, pouco frequente.

Exemplar em brochura e boa condição geral, salvo algumas marcas de acidez; conservando as folhas de estampa impressas à parte, o corte das folhas por aparar e boa parte dos cadernos ainda por estrear; mas algo desvaliado pelo ligeiro desgaste da capa e, principalmente, por um pequeno furo, embora marginal, que o atravessa por todo.

40€